Quiabo

    O Quiabeiro (Hibiscus esculentus L.), originário da Etiópia (África), é uma planta anual, da família das malváceas, típica de clima tropical. O caule, sem lenhoso e ereto, chega a medir 3 m de altura, com flores hermafroditas. Segundo Álvaro A.M. Pantoja Pimentel, a autopolinização é mais frequente que a polinização cruzada, embora esta possa ocorrer em pequena escala. Os frutos são do tipo cápsula, curtos ou alongados e sempre com a ponta afilada, com a coloração externa que varia do branco ao verde-escuro. Ao fruto são atribuídas propriedades terapêuticas; ele age como-laxante, quando consumido bem tenro, e é indicado para os que sofrem de tuberculose pulmonar. Chás feitos com os frutos ou as flores e os cataplasmas feitos com folhas cozidas são usados em casos de pneumonias e bronquites. As cerdas (pêlos) dos frutos, no entanto, causam irritações à pele. 
Variedades 
    As mais comercializadas no Centro-Sul são do grupo chifre de veado, originadas de melhoramentos de uma variedade brasileira do mesmo nome. As mais cultivadas são a campinas 2, a alecrim, a colhe bem e a santa cruz 47. 

Clima e solo 
    As temperaturas ideais para o cultivo do quiabo estão entre 22 a 25°C. É prejudicado pelo frio. Os melhores solos são os areno-argilosos ou argilo-arenosos, com pH entre 6,0 e 6,5.  

Plantio 
    Vai normalmente de setembro a janeiro, em regiões de inverno intenso, e pode ser feito durante o ano todo nas regiões quentes, cada metro de sulco deve ser adubado com 5 kg de esterco de curral. São lançadas três ou quatro sementes por cova (cada grama contém de 18 a 20 unidades). O espaçamento é de 0,20 a 0,30 m entre as covas e 1 m entre as linhas. O Instituto Agronômico de Campinas (IAC), em seu boletim n.° 200, recomenda o espaçamento 1,20 x 0,50 m, colocando-se cinco a oito sementes por cova para, depois do raleamento, deixar duas plantas por cova. O semeio também pode ser feito em sulcos, distribuindo-se as sementes em linha corrida. A germinação e a emergência são apressadas deixando-se as sementes de molho em álcool ou acetona, por cerca de uma hora, ou em água durante 24 horas, antes do plantio.  

Tratos culturais 
    A cultura deve ser regada a cada três dias. Alguns agricultores fazem a poda cortando a haste a cerca de 15 cm do solo, de cinco a seis meses após a semeadura ou aos três meses de colheita, para revigorar a produção.  

Raleação 
    Eliminam-se as plantas menos desenvolvidas deixando-se duas por cova ou, quando a semeadura é feita em linha corrida, de oito a dez plantas por metro linear.  

Pragas e doenças 
     As pragas mais comuns são os pulgões e os insetos mastigadores. As doenças são o oídio, a murcha-fusariana e a murcha-verticilar, provocadas por fungos, e o crestamento das folhas, a mancha-angular e a podridão-úmida-dos-frutos, causadas por bactérias. Para evitar as doenças causadas por fungos, aconselha-se a imersão das sementes em água a 70°C por meia hora, antes do plantio. 

Rotação de culturas 
    Feita com alface, cebola, alho, rabanete, tomate, milho, melancia, batata e feijão-vagem. Deve-se evitar a rotação com algodão. 

Colheita 
    Os frutos são colhidos antes de se tornarem fibrosos, de setenta a oitenta dias do plantio. A colheita é prolongada por alguns meses. A poda da planta a 20 cm do solo, três meses depois da colheita, provoca nova rebrotação. O ponto ideal de colheita é quando os quiabos ainda estão tenros e são pouco fibrosos, e quebram-se facilmente com a pressão entre os dedos. Aconselha-se fazer a colheita depois da dissipação do orvalho (os quiabos colhidos muito cedo ficam manchados), e o uso de luva, para que a pele não fique irritada devido ao contato com os pêlos do. quiabo. 

Produtividade
    A produtividade normal é de 15 a 22 t/ha. 

Composição nutricional por 100 g 
    36 calorias; 2 1 g de proteínas; 84 mg de cálcio; 90 mg de fósforo; 1,20 mg de ferro; 31 mmg de vitamina A; 0,04 mg de vitamina B1; 0,08mg de vitamina B2 e 47 mg de vitamina C.

Fotos

0 comentários :

Postar um comentário

 
Lider Agronomia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .