Brócolis

O Brócolis ou Brócolos (Brassica oleracea L. var. italica Plenck), também conhecido como couve-brócolo, é uma planta da família das brassicáceas (anteriormente denominada das crucíferas), a que pertencem também o repolho, as couves, a mostarda-de-folha, o nabo, o rabanete, o agrião e a rúcula. É uma hortaliça anual, arbustiva, e seu nome vem do italiano brocco,que significa broto, pois a brotação floral é a sua parte comestível. E mais nutritivo e saboroso que a couve-flor. 

Variedades 
    Para plantio de inverno, aramoso santana, que propicia várias colheitas e plantas vigorosas. Os botões são graúdos e não perdem a coloração verde. No plantio de verão , a variedade é a famoso piracicaba, que também produz muito e adapta-se a temperaturas elevadas. No plantio de outuno-inverno, a indicada é o híbrido broeminence que destacou-se nos testes feitos com híbridos na região de Anápolis (GO), com uma produção média de uma cabeça central grande (20 cm de diâmetro e 541 g) e 7,4 cabeças laterais, menores, totalizando uma média de 1,123 kg por planta. O Instituto Agronômico de Campinas (IAC) recomenda também para o plantio de inverno o ramoso IAC. 

Clima e solo 
    As variedades de verão resistem a temperaturas de até 28ºC, e as de inverno se dão bem entre 7 e 22°C. Os solos preferidos são os argilo-arenosos, com pH 6,0 a 6,8 com boa retenção de umidade e bem drenados. 

Época de plantio 
    Em geral, recomenda-se o plantio de inverno de março a junho. e o de verão de setembro a janeiro. O IAC recomenda, para Sao Paulo, plantios de fevereiro a maio e de outubro a dezembro. 

Semeadura 
    De 150 a 200 g de sementes são suficientes para um hectare. O plantio é feito em canteiros, em linhas distanciadas em 10 cm, com 1 cm de profundidade.  

Transplante 
    Ocorre 30 a 35 dias depois da semeadura, quando as mudas tiverem seis ou sete folhas definitivas. O espaçamento é de 80 x 50 cm a 100 x 50 cm. 

Irrigação 
    Em solos sílico-argilosos, regar a cada cinco dias; em terras com menor capacidade de retenção de umidade, as regas deverão ser mais freqüentes até o pegamento da planta. 

Adubação 
    O brócolis se ressente da deficiência de boro e molibdênio no solo, o que ocorre com freqüência no Centro-Sul. A falta desses micronutrientes resulta na formação de hastes com o interior oco e de inflorescências pouco compactas. Para compensar essa deficiência, devem ser feitas aplicações foliares de boro e molibdênio ou a aplicação de bórax no sulco de plantio, na proporção de 30 kg/ha.

Colheita 
    A ramoso santana começa a produzir cinqüenta dias depois do transplantio, de forma que se pode colher dez vezes, com intervalos de cinco a dez dias, até fins de julho. A colheita das variedades de verão inicia-se aos oitenta ou noventa dias após a semeadura. O brócolis pode ser colhido quando seu verde for intenso e os botões estiverem fechados, antes da abertura das flores (de pétalas amarelo-vivo). Corta-se a "cabeça" central e os brotos laterais. É considerada normal uma produtividade de 20 a 30 t/ha de inflorescências. Os preços mais altos são alcançados entre dezembro e março.  

Composição nutricional por 100 g 
    32 calorias, 3,6 g de proteínas, 103 mg de cálcio, 78mg de fósforo, 1,1 mg de ferro, 250 mmg de vitamina A, 0,10 mg de vitamina B1, 0,23 mg de vitamina B2 e 113 mg de vitamina C.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Lider Agronomia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .