Vetiver

    O vetiver (Vetiveria zizanioides Stapf) também é conhecido cómo capim-de-cheiro, campim-sândalo e patchuli (embora não seja o verdadeiro patchuli). Pertence à família das gramíneas e é orginário da Índia. No Brasil, o vetiver é encontrado desde o Amazonas até São Paulo. A importância econômica do vetiver se concentra nas raízes. 

Clima e solo  
    São ideais climas úmidos, com temperatura média de 25ºC. Para melhorar o desenvolvimento e facilitar, arrancamento e a "bateção" das raízes, é aconselhável que os solos sejam arenosos e profundos. A adubação verde é recomendada, e pode ser feita por meio de rotação com leguminosa ou com o aproveitamento das folhas e raízes destiladas da própria planta. 

Plantio 
    Durante a estação chuvosa; plantam-se pedaços de raiz em fileiras, sobre camalhões com cerca de 25 cm de altura e espaçamento de 90 cm entre as fileiras e 30 cm entre as plantas. A área deve ter boa exposição solar. A densidade deve ser de cerca de 15000 mudas por hectare. Dias encobertos e solos úmidos são os mais indicados para o plantio. O ciclo da cultura é de dezoito a vinte meses e, se plantado na estação chuvosa, acolheita coincidirá com o outono e com o inverno, que é o melhor período, pois arrancar o capim com chuvas prejudica o rendimento e a qualidade do óleo. As mudas são obtidas com a subdivisão de touceiras, aproveitando-se a colheita das raízes para seu preparo. Se esse momentonão for o melhor para o plantio, pode-se aguardar a época propícia colocando-as, provisoriamente, em canteiros de baixada, em local úmido. Nessa fase, as mudas serão cortadas a uma altura de 20 a 30 cm,estando prontas para o plantio regular. Entre uma plantação e outra é interessante intercalar uma espécie que não seja gramínea, de preferência uma leguminosa. Nivelar, tanto quanto possível, o terreno, para facilitar a mecanização dos trabalhos. Antes da colheita de raízes da primeira plantação, deve-se iniciar novo plantio, entre outubro e janeiro, de área identica, para fornecer raízes quando terminar a colheita da cultura anterior. 

Colheita 
     Experiências feitas no Instituto Agronômico de Campinas demonstram que a maior porção de raízes se encontra, no máximo, a 30 ou 35 cm de profundidade e que, abaixo desse limite,a extração se torna antieconômica. Em pequenas plantações, a colheita poderá  ser manual e, nesse caso, o trabalhador deve fazer baixar a touceira para um lado com uma das pernas e com um enxadão afiado cortar fundo em toda a volta, arrancando a parte aérea com a cepa. Se dispuser de mecanização, usa-se uma ceifadeira apropriada para cortar folhagem, extraindo-se a soqueira com enxadão. Ogrande volume de folhagem sobre o solo implicará muito trabalho e demora se for feito manualmente. Qualquer que seja o processo da colheita, é preciso armazenar o material destinado à destilação. Este é transportado para galpões abrigados contra a umidade, onde ficam em sacos ou enfardados, se as raízes, após a batedura,contiverem ainda muita terra aderente, é conveniente lavá-las em tanques ou água corrente. A secagem, após a lavagem das raízes, só é necessária se for feito o armazenamento antes da destilação. Aliás, é aconselhável um armazenamento de três a seis meses antes da extração do óleo, o que dará menor rendimento, mas melhor qualidade, sem um indesejavel odor de capim cozido. A destilação do vetiver cultivado só é interessante quando o teor de óleo ultrapassa 1%. 

Usos 
    O óleo extraído das raízes do vetiver é utilizado na indústria de perfumaria, graças a seu aroma agradável, forte e duradouro. Participa de muitas formulações, e é usado principalmente como fixador natural de composições muito voláteis (que se evaporam). Combina bem com óleos de sândalo, patchuli e rosa. Dele se extrai o vetiveral, um componente como odor mais suave do que o próprio óleo, excelente fixador, muito usado na composição de perfumes de alta classe.

Fotos
Fazenda Guarara - Betim MG / Deflor bioengengaria


0 comentários :

Postar um comentário

 
Lider Agronomia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .