Cabeludinha

    A Cabeludinha (Eugenia tomentos Camb.), da família das mirtáceas (a mesma da jabuticabeira e da goiabeira), é também conhecida como cabeludera e cabeluda, seu nome deriva dos pêlos brancos que cobremos frutos e todos os órgãos novos da planta. É um arbusto de ramos flexíveis, muito comum no Rio de Janeiro e Espírito Santo. Suas folhas são grandes, inteiras, verde-escuras e dispostas aos pares. Suas flores são pequenas e brancas. O fruto é uma baga de cor amarelo-canário (no tempo de maturação), do tamanho de uma ameixa. Seu peso médio é de 4 g, aproximadamente, e a polpa corresponde à metade do fruto. A cabeludinha tem a pele grossa, e sabor agridoce, agradável, parecido com o da jabuticaba.

Plantio
    E recomendável plantá-la com espaçamento de 5 x 5 m, adubando com matéria orgânica de acordo com a análise de solo.

Colheita
    A florada ocorre em junho, e os frutos amadurecem na segunda quinzena de setembro e em outubro.

Usos
    Os frutos são comestíveis ao natural e sob a forma de geléia e refresco. De sua infusão na aguardente obtém-se um ótimo licor.

Composição nutricional por 100g
    É uma das mais ricas em vitamina C, entre os frutos nacionais exóticos. Ela tem 1418 mg de vitamina C, por 100 g no fruto verde; 931 mg na polpa sem semente e 787 mg na casca.
Fotos


0 comentários :

Postar um comentário

 
Lider Agronomia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .