Falsa Melissa

   A falsa-melissa (Lipia geminata H.B.K.) ou também erva-cidreira-do-campo, alecrim-do-campo, salsa-brava, salsa-limão e alecrim-do-mato, é uma planta arbustiva, perene, da família das verbenáceas. É originária do Brasil e chega até 3 m de altura. Tem caule ramoso, quadrangular e muito frágil. As folhas são verde-escuras e enrugadas. As flores roxas nascem em grupos entre as folhas e o caule. Devido ao aroma produzido por um componente contido em suas folhas, o citral, a falsa-melissa é freqüentemente chamada de erva-cidreira, sendo confundida com o capim-limão (Cymbopogon Citratus Stapf) e a melissa (Melissa officinalis L.). A falsa-melissa é encontrada espontaneamente em campos das regiões sudeste e sul do país, e não é cultivada comercialmente. 

Clima e solo 
Falsa Melissa, Lipia geminata   Prefere climas subtropicais, sem excessos de calor e de frio. Não é exigente em tipos de solo. Cresce nos campos e em lugares arenosos e inunda-dos das margens de rios e lagos. 

Plantio 
   Por estacas, num espaçamento de 2 x 1,5m. O plantio é feito preferencialmente na primavera, ou em qualquer mês, se as condições climáticas favorecerem. Não é necessário transplantar as mudas. 

Colheita 
   Colhem-se os ramos da planta adulta, cinco ou seis meses após o plantio.

Usos 
   A infusão das folhas tem propriedades antiespasmódicas e emenagogas (faz vir a menstruação), além de digestivas.

Fotos
Falsa Melissa
 A Falsa melissa é indicada como calmante e analgésica.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Lider Agronomia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .