Anis

Anis, Pimpinella anisum   O Anis (Pimpinella anisum L.) é confundido com o funcho (Foeniculum vulgare G.), porque ambos recebem, em diferentes regiões, o nome de erva-doce, e também por suas características botânicas e aromáticas semelhantes. O anis é uma: planta herbácea da família das Umbelíferas, originária da Grécia, Egito e Oriente Médio. É uma planta anual, com altura variando entre 30 e 75 cm. Tem caule ereto, oco e estriado. As flores são brancas e dão origem a pequenos frutos ovóides ou piriformes (em forma de peras). O sabor dos frutos do anis é quente, aromático e marcadamente doce. O Brasil importa anis e não existe cultivo econômico no país. 

Clima e solo  
   Prefere clima temperado, onde a temperatura gira em torno dos 20 °C. Não tolera clima muito quente nem geadas. Deve ser cultivado em lugares protegidos de ventos, chuvas fortes, pois, a planta é frágil e acama (deita). E importante que não chova no período da floração até o amadurecimento dos frutos (cinco meses do plantio até o florescimento), evitando assim o pretejamento das sementes provocado por fungos. O solo deve ser fértil, leve, solto e bem drenado, mas com capacidade de reter umidade, não permitindo a formação de grumos e torrões. O anis necessita uma boa exposição solar, e não gosta de locais sombreados. 

Plantio 
   A semeadura deve ser em linha e no local definitivo (a planta é muito frágil para ser transplantada). Para um hectare são necessários de 10 a 20 quilos de sementes, tendo as entre linhas uma distância de 45 a 75 cm. Planta-se de uma a três sementes a cada 3 cm; à profundidade de 1,5 cm. Quando as plantas estiverem com 5 a 8 cm de altura é feito o controle das ervas daninhas e um desbaste para deixar a distância de 15 a 25 cm entre as plantas. Quando atingirem de 20 a 25 cm, é indispensável chegar um pouco de terra junto à base do caule. 

Colheita 
   Os frutos devem ser colhidos quando ainda estiverem esverdeados, um pouco antes de iniciarem a mudança de cor. O amadurecimento dos frutos é desigual de uma planta para outra, portanto é preciso muita atenção para não colher fora de hora, o que resulta num produto de baixa qualidade. Em condições favoráveis de clima e solo pode-se conseguir uma produção de 600 a 1 000 quilos de sementes dessecadas por hectare. 

Usos  
   A essência do anis é utilizada na fabricação de licores, de confeitas, de medicamentos, para melhorar o sabor de alguns remédios. As sementes são estimulantes da digestão e da produção de leite. Tem propriedades antiespasmódicas, carminativas (combate os gases intestinais), diuréticas e expectorantes.

Fotos:
Anis
O anis é confundido com o funcho (erva docê), porque ambos recebm, em diversas regiões o nome de erva docê, os dois possuem carcteristicas muito semelhantes que vão das folhas e do gosto ao aroma semelhantes

0 comentários :

Postar um comentário

 
Lider Agronomia - Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Template Clean, criado por Tutoriais Blog .